Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - quarta-feira, 17 de julho de 2024

Lote de balas usadas na maior chacina de S. Paulo, em 2015, reaparece na morte da vereadora Marielle - constata Polícia Civil do Rio

Sexta 16/03/18 - 17h19

Balas calibre 9 mm que mataram a vereadora carioca Marielle e o motorista Anderson pertencem ao mesmo lote de balas utilizadas na maior chacina de São Paulo, o assassinato de 17 pessoas em Barueri e Osasco, em 13 de agosto de 2015. Pela chacina, 3 policiais militares e um guarda-civil foram condenados.
ORIGEM
A Polícia Civil do Rio disse que o lote foi vendido à PF de Brasília pela empresa Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) no dia 29 de dezembro de 2006.A Polícia Federal abriu inquérito para apurar a origem da munição e das cápsulas encontradas onde Marielle foi morta. A PF quer saber como as balas saíram de Brasília e chegaram ao Rio.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais