Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - domingo, 3 de julho de 2022

Barulho de tiros e cenas de combate, nas ruas, no centro de importante cidade de Minas, na última noite. O "novo cangaço" atacou. 5 pessoas ficaram feridas - 4 PMs e estudante universitário

Quinta 23/06/22 - 7h22




O novo cangaço agiu de novo:

Na última noite, a cidade de Itajubá - uma das mais importantes do sul de Minas - ouviu o barulho de disparos de armas automáticas, típico de combates, por suas ruas.

A quadrilha invadiu a cidade e explodiu agência da Caixa Econômica Federal.

.

A troca de tiros foi demorada.

O Batalhão de Operações Policiais Especiais de Belo Horizonte (BOPE) foi acionado e está a caminho da cidade.

Houve intensa troca de tiros no centro de Itajubá, mas ninguém ficou ferido.

Os assaltantes conseguiram fugir em comboio de 6 carros na direção de Pouso Alegre, Santa Rita e Piranguinho.



A política calcula que 30 membros do novo cangaço participaram dos combates.

A Prefeitura informou que uma pessoa ficou ferida na ação e foi encaminhada para o hospital da cidade.

Dois tiroteios entre agentes de segurança e ladrões foram registrados na região de Brasópolis e Luminárias, e um suspeito teria sido preso.

Informação confirmada pela prefeitura e pela Polícia Militar de Itajubá diz que um morador que passava pelo local no momento do ataque foi baleado na perna esquerda.

Quatro policiais ficaram feridos e um deles precisou passar por cirurgia.

Os membros da quadrilha teriam atacado policiais militares, atirando contra o quartel da PM e colocando fogo em carros.



O cofre de penhor da agência da Caixa Econômica Federal foi atacado.

Outro tiroteio foi registrado perto da cidade de São Bento, em São Paulo, que fica da divisa com Minas.

A Polícia Militar informou que faz cerco em Itajubá e região em busca dos suspeitos, com apoio de militares de outras regiões, além da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar de São Paulo.


5 VÍTIMAS

Entre as vítimas, está universitário de São José dos Campos, interior de São Paulo, que foi baleado na perna esquerda, mas se recupera bem.

Um dos PMs ferido passou por cirurgia por causa de tiro no braço.

Um dos veículos usados no ataque foi encontrado em São Bento do Sapucaí, no interior de S. Paulo.


***



Da Agência Brasil:


Criminosos fortemente armados atacaram a sede do Batalhão da Polícia Militar (PM) de Itajubá e assaltaram uma das agências bancárias da Caixa Econômica Federal instaladas na cidade do sul de Minas Gerais, localizada a menos de 50 quilômetros da divisa com o estado de São Paulo.

Parte da ação do bando foi filmada por moradores da cidade. Em vídeos compartilhados nas redes sociais é possível ver pessoas correndo pelas ruas do centro da cidade e ouvir centenas de disparos de armas de fogo.

Pouco antes da meia-noite de quarta-feira (22), parte dos bandidos atacou o batalhão da PM a fim de reter os policiais militares enquanto seus comparsas invadiam a agência da Caixa. Armados com fuzis, os criminosos trocaram tiros com os policiais militares e bloquearam algumas das vias centrais da cidade.

Segundo a PM, um policial foi atingido por um tiro de fuzil e teve que ser operado. Outros três agentes sofreram ferimentos leves ao serem atingidos por estilhaços. Uma outra pessoa que passava pelo local foi alvejada na perna e levada para o hospital. O estado de saúde e os nomes dos cinco feridos não foram divulgados.

Na sequência, os bandidos fugiram utilizando ao menos cinco veículos. Ainda no início da madrugada, a prefeitura de Itajubá pediu calma à população. Pelas redes sociais, a prefeitura recomendou que as pessoas evitassem sair às ruas e permanecessem em locais seguros.

Já a Polícia Civil de Minas Gerais informou à Agência Brasil que, as 10h de hoje (23), as forças de segurança estaduais continuavam “no rastro” de suspeitos de participação no crime. “A ocorrência encontra-se em andamento”, reiterou a corporação, em nota. (Alex Rodrigues)

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais