Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - domingo, 26 de setembro de 2021

Ir para data:


Efemérides - Nelson Vianna   
69014
Por Efemérides - Nelson Vianna - 26/9/2011 07:23:31
(Durante anos, o escritor e agrimensor Nelson Vianna, nascido em Curvelo e apaixonado por M. Claros, desde que aqui chegou, pesquisou a história da cidade. Foi a arquivos, jornais, revistas e livros, entrevistou pessoas, vasculhou correspondências – enfim, buscou em toda parte fontes que permitissem levantar a história do município de M. Claros. Conseguiu. Processou sua longa procura e publicou "Efemérides Montesclarenses", que cobrem o período de 1707 a 1962, revelando o que - neste período - aconteceu de mais importantes no cotidiano de nossas vidas. Nelson Vianna, apaixonado por M. Claros, reconhecido ao historiador Hermes de Paula, mais novo do que ele, mas seu auxiliar no trabalho, prestou - prestaram os dois, é preciso gritar isto - uma das mais notáveis contribuições à civilização dita montesclarina. Morreu sem ostentar riqueza material, mas o seu legado espiritual cresce a cada dia, embora ainda não seja suficientemente reverenciado. O tempo, sempre ele, também fará esta reparação. Republicar a resenha histórica pacientemente ajuntada pode ser um começo. Pelo calendário do dia, sairá publicado aqui, desde este 12 de janeiro de 2011, o que ele conseguiu desvendar no vasto tempo de 255 anos - entre 1707 e 1962, de uma Montes Claros nascente, criança e juvenil. Ajudará a cidade a se localizar. Talvez, a se achar. E haverá sempre um preito de gratidão a estes dois - Nelson Vianna e Hermes de Paula, e a muitos outros que, no silêncio, onde Deus fala aos Homens, recolhem o aplauso geral):

26 de setembro

1833 - Em sessão extraordinária da Câmara Municipal de Montes Claros de Formigas, presidida pelo cel. José Pinheiro Neves, o cidadão José Antônio de Almeida Saraiva toma posse do cargo de Escrivão de Órfãos da Vila. Também, na mesma sessão, nomeado pela
Câmara Municipal e aprovado pelo Presidente da Província, toma posse do cargo de Promotor Público da Vila, o cidadão João dos Santos Pereira.
1892 - Por ato do Govêrno do Estado, o bacharel José Leandro Baracuhy é nomeado para o cargo de Promotor de Justiça da Comarca de Montes Claros.
1908 - Sai o primeiro número de “Opinião do Norte”, como se fôsse a continuação de “A Opinião do Norte”, que era semanal e dera o seu último número, em julho de 1908. “Opinião do Norte” sala bissemanalmente, tendo por lema arredar-se das questões de classe a partidarismo, não se apoixonar por partidos políticos e religiosos, e dedicar-se à propaganda e riquezas da zona do Norte de Minas, ao desenvolvimento do comércio e das Indústrias, que são a base primordial de nossa prosperidade, procurando promover meios e soluções para os seus probIemas, com o apoio dos poderes constituídos. Tinha a direção de Honor Sarmento. Até junho de 1909, havia dado 44 números quando, devido à quebra de uma roda da máquina impressora, foi suspensa, a princípio, provisôriamente, e, depois definitivamente, a circulação da fôlha. -
Na tipografia de “Opinião do Norte”, imprimiram-se: Opinião do Norte”, “O Bohemio” e “A Veneta.” Essa tipografia foi adquirida, em 1916, pelo farmacêutico Antônio Ferreira de Oliveira, que nela passou a editar o semanário ‘Montes Claros”, sob sua direção, cujo primeiro número circulou a 11 de maio de 1916.
1919 - Chega a esta cidade o telegrafista Raul Corrêa de Sousa, transferido da agência telegráfica de Fortaleza, hoje Pedra Azul, para a de Montes Claros. Vem substituir o telegrafista dr. Hugo Kopp, ora transferido desta, para a agência telegráfica da referida Fortaleza.
1942 – E’ inaugurada, às 17 horas, a placa da rua “Dr. Santos”, nome ora dado ao trecho compreendido entre a praça Dr. Carlos e a praça Cel. Ribeiro, na cidade de Montes Claros, e que tivera o nome de rua Bocaiúva.
E’ uma justa homenagem prestada ao antigo Prefeito dêste município, dr. Antônio Teixeira de Carvalho.
- E’ assentada, às 17,30 horas, a pedra fundamental do edifício a ser construído junto ao Sanatório Santa Teresinha, à rua Dr. Velloso, em Montes Claros, onde funcionarão todos os departamentos da Fundação Dr. Antônio Teixeira de Carvalho. Ali ficarão Instalados o Lactário, a Cantina Escolar e a Assistência Médica Domiciliar. Terá o busto em bronze do antigo Prefeito Municipal de Montes Claros. O ato foi paraninfado pelo atual Prefeito do município, falando na ocasião o dr. João Gomes Leite.
1948 - Em assembléia geral, no Palácio Episcopal de Montes Claros, são aprovados os estatutos da “Sociedade dos Amigos do Progresso”, ficando constituída a sua Diretoria, tendo como Diretor-Presidente, monsenhor Osmar Novais Lima; Diretor-Tesoureiro, Gentil Gonzaga
e Diretor do Patrimônio, dr. João Antônio Pimenta de Carvalho.
A Diretoria ficará encarregada de levantar o capital para a construção do Ginásio São José, de Montes Claros.
1951 - Pela portaria n.° 3, nenhum projeto de construção na cidade de Montes Claros, será submetido à aprovação da Prefeitura Municipal, sem antes ter sido visado pelo representante da CREA.
1953 - E’ inaugurada a sede social do Montes Claros Tênis Clube, localizado na Praça de Esportes desta cidade.




Selecione o Cronista abaixo:
Avay Miranda
Iara Tribuzi
Iara Tribuzzi
Manoel Hygino
Afonso Cláudio
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Dário Teixeira Cotrim
Davidson Caldeira
Edes Barbosa
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaías
Isaias Caldeira
Ivana Rebello
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz Cunha Ortiga
Luiz de Paula
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Luiza Silveira Teles
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Walter Abreu
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira